logo branca (1).png
  • Sala de Interrogatório Podcast

Policial Assassino - O caso Gerard Schaefer

Ele foi condenado por dois assassinatos, mas estima-se que tenha matado mais de 80 pessoas. Na sala de hoje, o caso de Gerard John Schaefer.


Ouça o episódio completo:








Dando uma rápida passada pelo currículo de Gerard, vemos que ele atuou como professor, mas foi dispensado por comportamento totalmente inadequado. Tentou ingressar na carreira de padre, mas também não deu certo. Em 1970 passou a investir em uma carreira na polícia, finalmente em 1971, com 25 anos, se formou na Academia de Polícia e se acabou por se especializar em Criminologia.


Após um turno de trabalho, Gerard ligou para o seu chefe para contar que havia feito uma besteira. Ele amordaçou duas meninas e as deixou amarradas em um bosque, para dar uma lição sobre “não aceitar carona de estranhos”, mas quando voltou para “soltá-las”, elas haviam fugido.


Gerard foi preso por prisão ilegal, entretanto seu chefe estava disposto a investigar mais este caso. Descobriu-se que Gerard estava ligado a dois assassinatos e dezenas de pertences de mulheres dadas como desaparecidas foram encontrados na sua casa.




“Fazer duplas é muito mais difícil do que fazer uma pessoa, mas, por outro lado, também coloca a pessoa em posição de se divertir duas vezes mais.”

-Gerard Schaefer



Mesmo com uma grande quantidade de provas contra Gerard, ele só foi julgado pelos assassinatos de duas meninas e condenado à prisão perpétua pelo crime. Posteriormente a polícia o ligou a mais de 32 assassinatos com base nas provas encontradas na casa dele, mas estima-se que ele tenha assassinado entre 80 a 110 pessoas, com base no que ele mesmo contou em uma carta.


Confira parte de uma entrevista de Gerard:



Você já conhecia esta história?

6 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo
branco.png