logo branca (1).png
  • Sala de Interrogatório Podcast

100 horas de sequestro

Foram cerca de 100 horas de sequestro. O crime passional que deixou o Brasil inteiro na frente da televisão, assistindo a ação da polícia como se assistisse a um filme - O caso Eloá.

Ouça o episódio completo:








Em outubro de 2013, Lindemberg Alves de 22 anos, invadiu a casa da ex-namorada Eloá Pimentel de 15 anos para tentar reatar o relacionamento. Lindemberg entrou no apartamento e rendeu Eloá e mais três amigos da adolescente que estavam no local.


A polícia logo cercou o local e começou a negociar com Linbemberg. O sequestrador liberou os dois colegas de Eloá e em outro momento a melhor amiga da menina, Nayara.


Foram pouco mais de 100 horas de sequestro. Nayara voltou ao local para ajudar a negociar com Linbemberg, mas acabou entrando no apartamento e novamente se tornando refém.

“Com a explosão da porta, a Eloá fez um movimento de levantar, e eu, simplesmente, sem pensar, atirei.”

-Lindemberg Alves

Por fim, a polícia diz ter ouvido um disparo dentro do apartamento (o que não foi confirmado nem por Nayara nem por Linbemberg), o que motivou a invasão dos agentes. Eloá foi baleada na cabeça pelo ex-namorado e Nayara no rosto.


Horas depois foi confirmada a morte cerebral de Eloá, a família decidiu doar seus órgãos. Nayara passou por intervenções cirúrgicas e sobreviveu. Linbemberg foi condenado a mais de 90 anos de prisão, posteriormente a justiça diminuiu sua pena para 39 anos.


Você já conhecia esta história?

38 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo
branco.png